A Melhor Idade

Melhor idade por quê? Porque estamos ficando velhos?

A Terceira Idade é uma fase da vida pela qual a maioria dos indivíduos de uma sociedade bem equilibrada e igualitária tende a passar. Quando esses fatores não se apresentam, muito dificilmente teremos o envelhecimento sadio dos sujeitos dessa sociedade. Embora seja ainda a época da vida em que esses indivíduos sejam apresentados a doenças e males que nunca antes tinham aparecido enquanto eram jovens, a terceira idade vem com a promessa de uma nova visão de mundo, uma postura renovada, que passa a condizer com a condição de idoso.

Às vezes chamá-los de idosos pode entristecê-los, ou desanimá-los de uma forma indescritível. E é aí que se apresenta uma saída para essa nomenclatura: a melhor idade. Ela existe? A melhor idade é de fato o melhor período da vida do homem em geral? Ou apresenta-se como um termo mais agradável para tratar daqueles que muito viveram e ainda estão entre nós para contar a vivência de seus muitos anos de vida?

Eufemismo ou não, o que se sabe e pode-se afirmar é que a terceira idade garante ao indivíduo a abertura de um amanhecer diferente de todos aqueles pelos quais ele já passou em outras fases da sua vida. E por isso é, ainda que não seja tão palpável assim, a melhor idade para (re)descobrir o mundo ao redor daqueles que a compõem; além, é claro, de fazer desse um universo cheio de possibilidades, embora as condições físicas – ou mentais – estejam de certa forma comprometidas.

A melhor idade vem para aqueles que saibam aproveitar sua chegada, independente do tempo em que se dê por completa. O que é realmente considerável é o momento no qual o indivíduo está, sob qual espírito ele receberá sua nova fase; como ele irá aproveitá-la, se de forma intensa ou mais pacata. E a partir desses conceitos é que se considera concreta a verdade em torno da melhor idade da sua vida.