Indique a página por e-mail

Conhecendo e entendendo a Universidade Aberta à Terceira Idade

Postado por: ABG - Associação Brasileira de Gerontologia | Em: Educação na 3a idade
Imagem: Shutterstock Imagem: Shutterstock

A educação até pouco tempo era direcionada exclusivamente aos mais jovens, pois se acreditava que o ser humano se desenvolveria inicialmente na infância (Primeira Idade), durante a fase adulta (Segunda Idade) alcançaria o seu máximo de desenvolvimento e, na velhice (Terceira Idade), o desenvolvimento não mais ocorreria. No entanto, hoje sabemos que isso não é verdade, o ser humano se desenvolve ao longo da vida e, apesar das alterações ligadas ao envelhecimento, a terceira idade pode ser vivida com avanços e conquistas.

Casos como o de José de Sousa Saramago, escritor português, demonstram que a potencialidade humana não se esgota na velhice. Saramago decidiu ser escritor profissional quando estava próximo aos seus 60 anos de idade e devido ao seu modo inovador de escrever ganhou diversos prêmios, entre eles, o Prêmio Nobel de Literatura em 1998, quando tinha 75 anos.

Outro exemplo de que o ser humano nunca para de se desenvolver é o de Oscar Ribeiro de Almeida Niemeyer Soares Filho, mais conhecido como Oscar Niemeyer, mestre das curvas em concreto armado e gênio da arquitetura brasileira. Um de seus últimos projetos, o Centro Cultural Internacional Oscar Niemeyer, inaugurado em 2011 na Espanha, foi elaborado próximo aos seus 100 anos de idade, momento em que inovou e criou uma das obras mais encantadoras do mundo. Obra que ganhou prêmios, como “O melhor Projeto Nacional de Barcelona”.

Nesse contexto, na França, em 1973, Pierre Vellas, um professor universitário, confirmou que as oportunidades de educação oferecidas aos idosos eram quase inexistentes. Decidiu então abrir as portas da Universidade de Toulouse a todos os idosos, sem distinção de renda ou escolaridade, oferecendo-lhes programas com atividades intelectuais, físicas, culturais, artísticas e de lazer particularmente adaptados. Tirar os idosos do isolamento, propiciar-lhes saúde, energia e interesse pela vida e modificar sua imagem perante a sociedade foram, desde o início, os objetivos do programa.

A partir desta iniciativa local, o programa se espalhou por todo o mundo de tal forma que hoje milhões de pessoas idosas de diversos países, de diferentes continentes, participam de uma série de atividades intelectuais e culturais, que contribuem para um envelhecimento ativo e, consequentemente, para uma velhice bem-sucedida.

No Brasil, a primeira iniciativa de oferecer educação a adultos maduros e idosos aconteceu na década de 1970, onde foram fundadas em São Paulo as primeiras Escolas Abertas para a Terceira Idade do SESC (Serviço Social do Comércio). Em 1982, a Universidade Federal de Santa Catarina torna-se a primeira instituição de ensino superior no Brasil a aderir ao movimento Universidade Aberta à Terceira Idade. Atualmente, o Brasil conta com mais de 200 programas por todo o país em instituições públicas e privadas. Tais programas seguem os seguintes pressupostos:

a. O conceito de educação permanente prevê que a educação e a aprendizagem são contínuas e acumulativas, e não um conjunto pontual de eventos institucionais;

b. A educação para adultos maduros e idosos deve pretender no mínimo, incrementar os saberes e conhecimentos; potencializar os saberes práticos, o saber fazer, o aprender e seguir aprendendo e possibilitar o crescimento contínuo, as relações sociais e a participação social;

c. Deve estar fundamentada no reconhecimento da heterogeneidade deste segmento etário, possuidor de grande diversidade formativa e cultural;

d. A educação para idosos necessita de uma mudança da atitude social da própria clientela;

e. Deve realizar-se com, para e pelos idosos, potencializando sua participação;

A seguir, algumas instituições de ensino superior que possuem o programa Universidade Aberta à Terceira Idade, nelas são oferecidas diversas atividades para o público idoso. Em geral, as atividades propostas são oferecidas através de disciplinas regulares (vagas nos cursos de graduação), atividades didático-culturais e atividades físico-esportivas. As atividades didático-culturais caracterizam-se pelo oferecimento de cursos, oficinas e palestras.

1. Universidade Anhembi Morumbi – www.anhembi.br
2. Universidade Católica de Goiás – www.ucg.br
3. Universidade Católica de Santos – www.unisantos.br
4. Universidade de Pouso Alegre – www.fuvs.br
5. Universidade de São Paulo – www.usp.br
6. Universidade do Centro-Oeste do Paraná – www.unicentro.com
7. Universidade do Sagrado Coração – www.usc.br
8. Universidade Estadual de Feira de Santana – www.uefs.br
9. Universidade Estadual de Maringá – www.uem.br
10. Universidade Estadual de Ponta Grossa – www.uepg.br
11. Universidade Estadual de São Paulo – www.unesp.br
12. Universidade Federal do Acre – www.ufac.br
13. Universidade Federal do Amazonas – www.ufa.com
14. Universidade Federal da Paraíba – www.ufpb.br
15. Universidade Federal de Ouro Preto – www.ufop.br
16. Universidade Federal de Santa Maria – www.ufsm.br
17. Universidade Federal de São Paulo – www.epm.br
18. Universidade Federal do Espírito Santo – www.ufba.br
19. Universidade Federal do Rio Grande do Sul – www.ufrgs.br
20. Universidade Federal do Pará – www.ufpa.br
21. Universidade Fundação de Ensino Octávio Bastos – www.feob.br
22. Universidade Municipal de São Caetano do Sul – http://www.uscs.edu.br/
23. Universidade para o Desenvolvimento de Santa Catarina – www.udesc.br
24. Universidade Potiguar – http://portal.unp.br/

Texto por: Tiago Nascimento Ordonez
Gerontólogo pela Universidade de São Paulo, Vice-diretor Científico da Associação Brasileira de Gerontologia

 

COMENTE ESTE CONTEÚDO:
Tem alguma dúvida/comentário sobre esse conteúdo? Pode utilizar a caixa de comentários abaixo.

Comentarios

Entidade sem fins lucrativoss que reúne bacharéis e estudantes de Gerontologia e demais profissionais interessados na área de estudo do envelhecimento humano e da velhice. Entre em contato através do e-mail: abgeronto@gmail.com

Tags:

Conheça os destaques em nosso site

Imagem: Shutterstock
Pele do idoso é mais suscetível ao aparecimento de lesões
Imagem: Shutterstock
Quando morar em uma casa de repouso?
Image: Shutterstock
Check up completo: descubra quais exames são importantes na terceira idade
Imagem: Shutterstock
Casa Segura: Como prevenir quedas

Receba nosso conteúdo em seu e-mail: