O que é a Terceira Idade?

Conforme a cultura e desenvolvimento da sociedade em que vive, a época em que uma pessoa é considerada na “Terceira Idade” pode variar. Mas o que queremos mostrar é que, independente de cultura, você pode aproveitar essa etapa de vida.

E assim nasce nossa ideia de levar a todos o que entendemos por e como Terceira Idade. Um momento da vida em que, por cultura ou falta de esclarecimento, é visto com olhos tortos, como um período cinza e sem graça na existência humana. O que queremos traduzir são os pequenos detalhes que fazem dessa confusão um expecto de cores, de onde podemos resgatar a felicidade, o entusiasmo, o gosto pela vida que se recria a cada dia nessa desconhecida – porém iminente – fase da vida. Afinal, envelhecer é redescobrir uma vida nova a cada dia!

A terceira idade é uma etapa da vida pela qual se espera que todo indivíduo um dia passe. O conceito a partir da idade – se a terceira idade chega a partir dos 60 ou dos 70 anos – não chega a nos abastecer de uma definição concreta e aceitável. O motivo é simples: estar ou ser da terceira idade nos transforma em pessoas diferentes, com angústias e anseios mais pertinentes que a todo o resto de uma sociedade que vive em completa desigualdade, desolação e concentrada em um novo tempo diferente do qual passamos.

Mas nos torna também iguais, como seres humanos que somos, repletos de sentimentos e verdades que desejam ser expostas nos momentos certos. O indivíduo da terceira idade nasce novamente para uma vida cercada de surpresas, pronta para garantir-lhe novos dias em vários campos. Ainda que seja a época do aparecimento das doenças mais absurdas que possam atrapalhar seu cotidiano, torna-se essa uma fase onde as emoções podem aflorar muito mais facilmente. Aproveitar a Terceira Idade é saber o valor de cada momento que se vive, seja antes, durante ou depois. Entender que tudo tem uma hora, e cada hora tem seu brilho.

E é essa fase que estamos dispostos a viver, com sabedoria e toda a emoção que nos for permitida. Afinal, para não envelhecer, só morrendo jovem. Que tristeza é essa condição de não poder conhecer o mundo em toda a sua grandeza, ao longo de anos de vivência, de experiências eternizadas em cada marca de pele que levaremos por todos os anos das nossas vidas.