MELATONINA: COMO FUNCIONA E COMO USAR O HORMÔNIO DO SONO?

A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) liberou recentemente a melatonina em farmácias de manipulação com venda autorizada a partir de prescrição médica. Mas, afinal, você sabe o que é essa substância? Ela realmente ajuda a dormir melhor?

O cirurgião vascular Dr Daniel Benitti explica que a melatonina é um hormônio sensível a luminosidade, produzido pela glândula pineal, que controla o ciclo circadiano, ou seja, o ciclo sono vigília. “Ainda estamos aprendendo sobre a melatonina: seu efeito sobre as alterações do sono, quando utilizar e quantas doses”, explica.

 

A insônia afeta milhares de pessoas:

  • Cerca de 30% da população passa por períodos de insônia;
  • De 15 a 20% da população tem insônia por menos de três meses;
  • 10% da população tem insônia crônica.

Alguns estudos sugerem que tomar melatonina por curtos períodos de tempo (dias ou semanas) resulta:

  • Na redução do tempo necessário para adormecer;
  • No aumento do número de horas de sono;
  • Na ampliação do estado de alerta durante o dia;
  • Na melhora do sono em quem está fora da área de fuso horário (jet lag).

Segundo estudos, as pessoas que possuem níveis baixos de melatonina são as que mais se beneficiam desta medicação. Como, por exemplo, quem tem mais de 55 anos (maior parcela da população que apresenta insônia) e que apresentam esquizofrenia.

 

Qual a dose?

Segundo o Dr. Daniel Benitti, a dose varia de pessoa para pessoa, dependendo, principalmente, do distúrbio do sono. “O ideal é sempre receitar a dose mais baixa possível. O correto é conseguir produzir um sono restaurador, sem irritação durante o dia ou fadiga”, finaliza.

Dr Daniel Benitti cirurgião vascular, SP

www.ocirugiaovascular.com.br

Daniel Benitti

 

Recomendado para Você: